quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Macquarie - pequena ilha governada por pinguins (14 fotos)


Falando sobre pinguins, acostumamo-nos a vê-los nas desertas extensões brancas da Antártida. Mas essas aves marinhas são encontradas em muitos ecossistemas diferentes em todo o hemisfério sul. Uma dessas habitações de pinguins é a ilha australiana Macquarie.



Este pedaço estreito de terra de 32 quilômetros de extensão é conhecida pela diversidade do ecossistema. Macquarie é lar de muitas espécies de pinguins, bem como focas e albatrozes.


No início do século 20, a população local de pinguins estavam ameaçadas de extinção, quando os caçadores os caçavam por sua gordura valiosa. Na década de 1960 foram tomadas medidas para preservar os animais.


Em 1978, a ilha foi reconhecida como uma reserva, e em 1997 entrou na lista da UNESCO como Patrimônio Mundial , o que ajudou a proteger seu ecossistema único e seus moradores vulneráveis.











Cristais, raros e belos

opala azul - universo

 Ametista geode Imperatriz do Uruguai 





Ágata azul


Flor da Azurita

Bismuto

Ágata Botswana 

Chrysocolla

Ametista 

Crocoite

Fluorita, quartzo e pirita

Fluorita

Cobalto lilas rosa

Labradorite

Opala - Por do sol

Opala - Oceano

Opala negra australiana

Opala petrificada

Pedra amor - Rhodochrosite

Rosalgar

quartzo rosa

Rutilo

Cristais scolecite

Titanium Quartz Solar

Turmalina birmanês

Turmalina melancia

Uvarovite Verde


Curiosidade e inovação - Designer japonês cria sapatilhas que se encaixam perfeitamente nos pés ( 6 fotos + vídeo)

Designer japonês Masaya Hisimoto descobriu como fazer sapatilhas que se encaixam perfeitamente e seguem cada curva do do pé.

Sapatilha  Furoshiki 



 Furoshiki na cultura japonesa, refere-se à tradição de envolvimento, manter e conter vários objetos com um pano. Pensando nisso a Vibram criou a primeira sapatilha de embrulho único.



 A sapatilha cade confortavelmente em todos os tipos de pé.










Curiosidade:

VITALE BRAMANI

Em 1935, a morte de seis alpinistas, amigos de Vitale, no Alpes italianos foi parcialmente atribuída ao calçado inadequado. A tragédia levou Vitale a desenvolver uma nova sola de escalada. Dois anos mais tarde, ele patenteou sua invenção e lançou as primeiras solas de borracha no mercado com um design chamado de "Carrarmato", com o apoio financeiro de Leopoldo Pirelli, da Pirelli Pneus. A sola foi concebida para proporcionar uma boa tracção em uma grande variedade de superfícies, tem um elevado grau de resistência à abrasão e foi feita usando a melhor borracha vulcanizada de sua época. Em 1954, a primeira escalada bem sucedida até o cume do K2 foi feita por uma expedição italiana usando botas com solado Vibram.

VIBRAM é a junção das iniciais do seu nome: (Vi)tale (Bram)ani